Sementes-PatCoelho

As sementes “mágicas”

Linhaça, amaranto, chia, quinua, gergelim, aveia… certamente você já ouviu falar de alguma dessas sementes. Esses alimentos ajudam a enriquecer a dieta auxiliando na diminuição do peso, do colesterol, de inflamação como celulite, além de regular o trânsito intestinal e aumentar a massa magra. São indicados para quem tem sobrepeso, obesidade, prisão de ventre, colesterol alterado, celulite ou simplesmente quer melhorar a alimentação.

Para que façam efeitos positivos no organismo, o ideal é acrescentá-los diariamente nas refeições. A quantidade vai depender de indivíduo para indivíduo, mas em média uma colher de sopa por dia.

Veja os benefícios de cada um desses grãos:

Linhaça

Tem o poder de controlar a diabetes, auxiliar no bom funcionamento do intestino, contribuir para uma pele mais saudável e ainda faz uma “faxina” nas artérias. Tudo isso porque a linhaça tem em sua composição “gorduras do bem”: as monoinsaturadas e as poli-insaturadas (ômegas 3 e 6). Elas trabalham pela redução do LDL, o mau colesterol, e ainda contribuem para a saúde cardiovascular (pela presença do ômega 3, que tem propriedade anti-inflamatória e ajuda a evitar o acúmulo de placas de gordura nos vasos sanguíneos).

Amaranto

É um alimento tão completo que nutricionalmente assemelha-se á combinação arroz com feijão.  Possui proteínas e aminoácidos que são essenciais para o organismo. O amaranto é capaz de reduzir a pressão arterial, colesterol e melhorar o funcionamento do intestino. A grande concentração de esqualeno em sua composição, substância somente encontrada em quantidades significativas nos óleos de fígado de animais marinhos, é uma característica singular do amaranto. Suas propriedades naturais incluem a ação antioxidante, no combate aos radicais livres, aumento da oxigenação do metabolismo e fortalecimento da membrana celular, auxiliando na melhora do sistema imunológico devido à proteção das células.

ChiaChia

Fonte de vitaminas do complexo B, de minerais como: cálcio, fósforo, magnésio, potássio, ferro, zinco e cobre. Por ser boa fonte de cálcio é uma excelente opção para aqueles que apresentam osteopenia, osteoporose e obesidade. Possui propriedades benéficas à saúde por ser rica em antioxidantes (ácido caféico e clorogênico), que auxiliam na redução dos radicais livres prevenindo o envelhecimento celular. Além disso, tem ação laxativa e promove a saciedade. É uma ótima opção para a alimentação vegetariana, por ser rica em proteínas e diversos nutrientes importantes.

Quinua

Alto valor nutricional e funcional. Fonte de proteína, carboidratos, vitaminas, minerais, aminoácidos, fibras e cálcio, a quinua é o melhor e mais completo alimento de origem vegetal. A quinua tem boa relação de cálcio e magnésio, sendo importante para absorção de cálcio nos ossos. Além disso, a quinua está livre de gorduras saturadas e colesterol.

Aveia

O consumo regular de aveia faz com que o intestino funcione corretamente, absorvendo os nutrientes que o organismo necessita e deixando de ser preguiçoso. Para os diabéticos, as fibras da aveia juntam-se ao açúcar dos alimentos, fazendo-o cair mais lentamente na corrente sanguínea. Para quem tem colesterol alto a aveia é uma ótima aliada na redução do LDL, pois suas fibras são solúveis em água e se transformam em um gel que faz com que as gorduras não se depositem nas artérias, ajudando a baixar os níveis de colesterol ruim, prevenindo doenças do coração e também de câncer de intestino.

Gergelim

Gergelim-PatCoelho

Possui grande quantidade de proteínas, gorduras e carboidratos, sem falar nas fibras e nos lipídios, importantes na redução do colesterol do sangue, com propriedades anticancerígenas e antioxidantes. Também possuem alto teor de cálcio, fósforo e ferro e são ricas em vitaminas do complexo B. O gergelim é ideal para quem procura boa forma ou mesmo uma dieta equilibrada, pois ele possui grande quantidade de fibras, o que auxilia no bom funcionamento do intestino.

Semente de Girassol

As sementes de girassol são uma excelente fonte de vitamina E, um poderoso antioxidante. As sementes de girassol são ricas em fitoesteróides e ajudam a reduzir os níveis de colesterol “mau” no sangue, a aumentar a resposta imunológica e a diminuir o risco de contrair alguns tipos de cancro. O consumo de girassol auxilia no controle da tensão pré-menstrual, favorece a recuperação de processos inflamatórios, auxilia na mobilização do ferro para a síntese da hemoglobina, adrenalina e a formação dos tecidos conjuntivos.

Fonte: Beleza e Saúde

centromedicopatriciacoelho

Other posts

Leave a Reply